Rio Branco-AC -


PALAVRAS DO PÁROCO


     Aos irmãos e irmãs em Cristo muitas felicidades. O motivo da nossa grande alegria se encontra já no início deste mês. Como bem sabemos toda a Igreja celebra com grande solenidade a festa da páscoa. Neste grande dia podemos sentir e vivenciar em nossos corações a doação total de Jesus Cristo, doação do Pai a humanidade expressa na festa do Natal e doação da humanidade ao Pai, expressa na festa do Páscoa. Tristeza, dor e sofrimento devem ser substituídos pela alegria e pela felicidade.
     A fé Cristã encontra o seu fundamento e sua existência na ressurreição de Cristo. Por isso a Igreja não se cansa de proclamar que em Jesus somos novas criaturas. Por Cristo, Deus criou uma nova humanidade libertada do poder do pecado e da morte, e ressuscitaremos para uma nova vida. De fato, como diz Paulo, a mensagem de Jesus não é somente para a vida presente, mas nos reserva algo melhor e novo, a vida eterna em Deus.
     Infelizmente ainda hoje há algumas pessoas (que até se dizem cristãs) não acreditam na ressurreição. A estas pessoas temos que dizer como São Paulo: “Como podem alguns dentre vós dizer que não há ressurreição dos mortos? Se não há ressurreição dos mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, ilusória é a vossa fé… Se temos esperança em Cristo somente para esta vida, somos os mais dignos de compaixão de todos os homens” (1Cor 15, 12-19).
     Para aqueles que acreditam, a ressurreição de Jesus trouxe esperança e alegria. De fato os evangelhos ao testemunharem a ressurreição do Senhor relatam que as primeiras palavras do Cristo Ressuscitado (Mt 28, 8-9) às mulheres foi “Alegrai-vos!”. Esta alegria reanimou todos os corações sofredores e despedaçados daquele tempo e dos nossos dias.
     A ressurreição de Jesus animou os Apóstolos que foram por todo o mundo anunciar a Boa Notícia de Jesus. A ressurreição trouxe esperança e um sentido para a vida dos povos que viviam a sobra da morte. A ressurreição fez nascer uma Igreja com fé, coragem, esperança e alegria. Então nós, hoje, só podemos continuar acreditando, sonhando, vivendo na alegria, na perseverança e na certeza que a vida é eterna, é bela, mesmo quando passamos pela cruz e pela morte. Se Jesus venceu a cruz e a morte, com Ele também venceremos. O cristão que segue Jesus deve necessariamente crer na ressurreição e viver com alegria e esperança.
     Esta alegria deve estar estampada em nossos rostos. Por isso nada mais justo que expressar nossos sentimentos através de uma antiga oração chamada “Rainha do Céu”. Nela Maria canta conosco as alegrias de receber a notícia que seu Filho Querido venceu a morte: Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia! Pois o Senhor que merecestes trazer em vosso seio, aleluia! Ressuscitou como disse, aleluia! Rogai a Deus por nós, aleluia! Alegrai-vos e exultai, ó Virgem Maria, aleluia! Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!
     Também nesse mês de abril iniciaremos o novenário do nosso padroeiro São Peregrino. Momento de muita alegria e oportunidade para rezarmos e pedirmos a intercessão do nosso Santo Padroeiro pelos enfermos e por nossa paróquia, para que sejamos um sinal da presença de Cristo Ressuscitado na humanidade. Que a intercessão de Maria, mãe do Ressuscitado, reanime nossa fé. A todos muita paz e uma Feliz e Santa Páscoa!

Frei Antônio Eugenio Chemim