Rio Branco-AC -


SANTO DO DIA


14 de novembro de 2018



SANTO



São José Pignatelli: Nasceu no ano de 1737 na província de Saragoça, Espanha. De família napolitana, pertencia a nobreza mais antiga. Quando estava com 4 anos de idade sua mãe faleceu e ele passou a morar com sua irmã, a condessa de Acerra. Com 16 anos de idade decidiu entrar na Companhia de Jesus. Seu caráter, santidade, elegância e distinção, mesmo na humildade e na caridade e confiança plena em Deus, fez dele um dos santos mais representativos do século XVIII. São José Pignatalli foi um dos que mais contribuiu para a restauração da Companhia de Jesus. Preso e expulso da Espanha juntamente com outros jesuítas em 1767, refugiou-se em Ferrara nos Estados Pontifícios, até que, em 1773, Clemente XIV extinguia a ordem. Anos difíceis, cheio de temores e perseguições. Porém a ordem dos Jesuítas fora preservada na Rússia e Pignatelli esperou pacientemente pelo retorno da ordem dos jesuítas em Nápoles assim como em todo o Ocidente: em Nápoles viu esse ideal acontecer em 1808, e lá morreu na data de 14 de novembro de 1814, com 74 anos, antes da restauração definitiva no mundo, realizada pelo Papa Pio VII no final daquele mesmo ano.
PADROEIRO dos órfãos.
ORAÇÃO
São José Pignatelli que ficastes órfão ainda criança, passastes por provações tão dolorosas, momentos indefinidos e inseguros, vendo-vos perseguido por desejardes servir a Deus sobre todas as coisas, velai por vossos irmãos jesuítas, tornando-os cada vez mais unidos dentro do verdadeiro amor fraterno. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.
LEITURA Leitura: Sabedoria 7, 22-8,1
Salmo: 118 (119)
Evangelho: Lucas 17, 20-25
MENSAGEM
A alegria que se demonstra é força contra a tristeza e o medo. Ao abrir-se num sorriso, você encaminha alegria em direção aos outros e também a si mesmo. É como se dissesse estar contente consigo mesmo, com a vida, com eles, com Deus. O sorriso que vem do mais profundo sustenta a mente. Por isso, não se feche nem seja indiferente ao sorriso dos outros. Eles demonstram uma alegria que precisa encontrar ressonância para continuar existindo. Sorrir é mostrar que vale a pena viver.