Rio Branco-AC -


SANTO DO DIA


26 de maio de 2019



SANTO



São Filipe Néri: Nasceu em Florença, Itália, no ano de 1515, Antes de ser padre, Filipe tentou várias profissões, inclusive a de comerciante. Ordenou-se aos trinta e seis anos e, a partir dali, preocupou-se somente com a integração das minorias e a educação dos meninos de rua. Tudo que fez foi nessa direção, inclusive utilizar sua vasta e sólida cultura para promover estudos da história eclesiástica, para a qual encaminhou vários padres que buscaram sua orientação. Foi o Apóstolo de Roma, ali tendo fundado a Congregação dos Padres do Oratório, com o objetivo de fazer apostolado entre os católicos leigos da Cidade Eterna. Era conhecido pelo bom humor e pela forma original e vivaz, muito adequada ao público italiano, com que pregava e ensinava. Amigo de vários Papas, nunca quis aceitar a dignidade cardinalícia. São Felipe Neri é considerado como o santo da jovialidade, da simplicidade infantil, que ignora a si mesmo. Reunia os moleques mais arteiros e os educava divertindo-os. Para ajudar os mais necessitados não hesitava em pedir esmolas. Certa vez um indivíduo sentindo-se importunado deu-lhe um soco. São Filipe disse: “Este é para mim, agora dê-me uma esmola para meus meninos”. Após os 75 anos de idade limitou-se ao confessionário e à direção espiritual. Antes de morrer dizia sentir-se culpado por estar em uma caminha macia enquanto Cristo havia morrido numa cruz. Os sacerdotes do oratório vivem vida comum sob um superior eleito trienalmente e buscam a santificação na observância dos conselhos evangélicos. Viveu ainda até os oitenta anos de idade, falecendo em 1595. É chamado até hoje de santo da alegria e da caridade.
PADROEIRO das crianças levadas.
ORAÇÃO
São Felipe Néri, quanto vos admiro pela bondade, jovialidade, santidade de vosso coração. Pedi a nosso Deus que todos os nossos sacerdotes sejam assim: como crianças gentis e sábias em seu amor sempre puro. Que as mães tenham paciência e compreensão para com seus filhos. Que apesar dos difíceis tempos em que vivemos possamos conservar essa alegria, resultado de uma perfeita gratidão por termos conhecido o Evangelho e assim poder usufruir do privilégio de poder trilhar o caminho da salvação. Amo-vos e peço-vos vossa bênção. Amém.
LEITURA 1ª Leitura: Atos dos Apóstolos 15,1-2.22-29
Salmo: 66 (67)
2 Leitura: Apocalipse 21,10-14.22-23
Evangelho: João 14,23-29
MENSAGEM
Defende-nos, Senhor, do egoísmo, da descrença, da desarmonia.
Põe, em cada um de nós, permanentemente, uma palavra de calma, um ouvido de atenção, um olhar de simpatia e a força da esperança. Que os anjos da guarda desta casa nos vejam receptivos ao bom pensamento, dispostos a perdoar e recomeçar.