Rio Branco-AC -


SANTO DO DIA


25 de novembro de 2020



SANTO



Santa Catarina de Alexandria: Nasceu no século IV em Alexandria, Egito. Sua inteligência e beleza eram tão raras que até o próprio Imperador Daia, perseguidor dos cristãos, apaixonou-se por ela. Contratou mais de cinquenta filósofos para persuadi-la a mudar de ideia quanto ao cristianismo. Os sábios do Egito ao se encontrar com ela, a pedido do Imperador, ficaram tão impressionados com a inteligência e a convicção da jovem que se converteram ao cristianismo. Ao saber disso, Daia mandou que matassem a todos eles, aprisionando Catarina. Na prisão cortejava-a, oferecendo-lhe presentes, cartas de amor, mas todas suas tentativas eram infrutíferas. O Imperador sentindo-se indignado em seu orgulho, mandou matá-la sob rodas com ferros pontiagudos. Narram os estudiosos dos mártires, que as lâminas, ao tocar o corpo de Catarina vergavam-se como se fossem folhas de madeira. O Imperador, sabendo disso, mandou então que a decapitassem. Mais uma vez Deus fez seu milagre: mesmo morta, no lugar de sangue, brotou leite, como acontece com algumas plantas. Morreu na mesma cidade onde nascera, ainda muito jovem.
PADROEIRO dos moribundos, estudantes e filósofos.
ORAÇÃO
Virgem Santa Catarina de Alexandria, concedei-nos vossa tenacidade, sabedoria e santidade para que mesmo diante das maiores tentações do mundo jamais sucumbamos. Concedei-nos do Céu onde vos encontrais, vossas tão preciosas virtudes. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.
LEITURA 1ª Leitura: Daniel 7,13-14
Salmo: 92 (93)
2ª Leitura: Apocalipse 1,5-8
Evangelho: João 18,33-37 - Solenidade de Cristo Rei do Universo
MENSAGEM
Seja o mesmo, dentro e fora do lar. O lar é a sociedade em miniatura. A sociedade é o lar ampliado. Num e noutra, seja o mesmo: firme em sua palavra, seguro em seu pensamento, honesto em seus atos, calmo na confiança em si mesmo. O homem é o que é. E a manifestação externa reflete o estado íntimo de nossa alma.